Com alta de doenças respiratórias, SP faz contratação de médicos

Cerca de 280 médicos e enfermeiros serão contratados, emergencialmente, pela prefeitura de São Paulo. A medida quer garantir o atendimento adequado à população em meio ao aumento repentino e significativo de pacientes com sintomas respiratórios nos ú...
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Cerca de 280 médicos e enfermeiros serão contratados, emergencialmente, pela prefeitura de São Paulo. A medida quer garantir o atendimento adequado à população em meio ao aumento repentino e significativo de pacientes com sintomas respiratórios nos últimos dias.

Em novembro de 2021, a Secretaria Municipal de Saúde registrou 111.949 atendimentos de pessoas com sintomas gripais, sendo 56.220 suspeitos de covid-19. Neste mês, em apenas 20 dias, a secretaria contabilizou 156.629 atendimentos a cidadãos com quadro respiratório agravado, sendo 73.718 suspeitos de covid-19.

Os profissionais contratados vão reforçar as equipes de atendimento das Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs) e as 19 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da cidade, onde também serão instaladas tendas para triagem dos cidadãos com sintomas de gripe, protocolo que já vinha sendo feito nas unidades de saúde. A triagem tem por objetivo identificar se há casos de covid-19 e, dessa forma, garantir o encaminhamento apropriado dos casos gripais e evitar aglomerações nos equipamentos de saúde.

O Hospital da Brasilândia foi referenciado para casos de síndromes respiratórias, o que vai permitir ao município fazer um painel viral, identificando os vírus que circulam na cidade. Desde o último dia 18, os pacientes diagnosticados com as síndromes respiratórias e que necessitam de internação já estão sendo transferidos para essa unidade hospitalar. Dos 406 leitos totais, 258 estão destinados a essa finalidade –  sendo 158 de enfermaria e 100 de Unidades de Terapia Intensiva (UTI). A prefeitura informou ainda que fez a aquisição emergencial de medicamentos para atender ao aumento da demanda.

Na semana passada, a Secretaria Municipal de Saúde solicitou ao Ministério da Saúde mais doses da vacina contra o vírus Influenza, causador da gripe. Neste ano, cerca de 4,5 milhões de pessoas receberam esse imunizante na cidade de São Paulo.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

1
2
3
4
5
1
2
3
4
5
1
2
3
4
5

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida