Grandes autores brasileiros

Cinco grandes autores brasileiros da história

0
Por Paulo Braga | O artigo contém opiniões A riqueza cultural do Brasil é reconhecida pelo mundo. O carnaval, a Bossa Nova, o Samba e...
blank

Casarão do fundador de Capinópolis é destruído por incêndio criminoso

0
Capinópolis, Minas Gerais. O casarão de Jerônimo Maximiano da Silva, fundador de Capinópolis, foi totalmente consumido por um incêndio na madrugada desta quarta-feira (21.abr.2021)....
blank

Governo prorrogará prazo para prestação de contas da Lei Aldir Blanc

0
O secretário especial de Cultura, Mário Frias, informou hoje (26) que o governo deve publicar na próxima semana um decreto prorrogando os prazos para prestação de contas de recursos da Lei Aldir Blanc, voltada para o auxílio ao setor cultural em razã...
blank

21/02: 1ª Constituição Republicana do Brasil completa 130 anos

0
Promulgação da Constituição Federal de 1988. Ulysses Guimarães discursa no encerramento dos trabalhos da Assembleia Constituinte. Promulgação da Constituição Federal de 1988. Ulysses Guimarães discursa no encerramento dos trabalhos da Assembleia Constituinte.
Promulgação da Constituição Federal de 1988. Ulysses Guimarães discursa no encerramento dos trabalhos da Assembleia Constituinte. - Arquivo Agência Brasil

O Brasil segue as leis da Constituição de 1988 há mais de 32 anos. Mas o dia 24 de fevereiro traz à tona o aniversário da centenária constituição de 1891. Nesse dia, completam-se 130 anos da promulgação da primeira constituição do regime republicano e a segunda do Brasil.blankblank

Em 1891, 234 congressistas escolheram Marechal Deodoro da Fonseca na Presidência da República. As eleições diretas só vieram a ocorrer três anos depois, em 1894.  Antes, somente católicos podiam votar no Brasil. Foi a Constituição Republicana que separou textualmente o poder do Estado da Igreja. 

Confira a lista de datas aqui

Confira todas as efemérides de fevereiro de 2021 aqui

Também há outros fatores marcantes em sua história. Ela foi a primeira constituição a usar o termo aposentados. Na verdade, comenta o historiador Ricardo Barros ao programa Em Conta (Rádio Nacional da Amazônia), a Constituição de 1891 dava o “direito de inativação somente a funcionários públicos nos casos de invalidez”.

Também foi a constituição de 1891 que definiu a transferência da capital do Brasil para o interior do país. Contudo, somente em 1960, Juscelino Kubitschek viria a concretizar essa determinação constituição. Você pode entender melhor a relação de JK com a constituição de 1891 no programa Na Trilha da História:

Conquista do voto feminino

feminismo feminismo
Em 1932, somente mulheres casadas e viúvas podiam exercer o direito ao voto - Marcelo Camargo/Arquivo Agência Brasil

Por falar em constituição e voto, foi em outro dia 24 de fevereiro que o Brasil passava a superar, em parte, as desigualdades entre homens e mulheres. O Colégio Eleitoral de 1932 passou a assegurar o voto feminino. Até então, um dos argumentos comuns contra os votos das mulheres era que "as casadas não expressariam uma voz diferente da de seus maridos, o que geraria uma duplicação de votos". A mulher só chegou perto de uma urna no Brasil em 1927, no Rio Grande do Norte, mas só cinco anos depois é que o voto feminino foi legitimado para todo o país.

Ainda assim, em 1932, a garantia ao voto feminino foi muito restrita e concedida a mulheres casadas, com autorização dos maridos, e para viúvas com renda própria. Essas limitações sumiriam posteriormente em 1934 com a terceira Constituição Federal.

Caminhos da Reportagem, programa jornalístico da TV Brasil, mostrou a evolução do voto desde as primeiras eleições populares em 1932, na cidade de São Vicente (SP), onde foi instalada a primeira câmara de vereadores. Reveja abaixo:


 

Lápide literária

Faz 25 anos que o Brasil se despediu do jornalista, dramaturgo e escritor gaúcho Caio Fernando Abreu (25 anos). Ele morreu no dia 25 de fevereiro de 1996, aos 47 anos, por complicações decorrentes do vírus HIV. Abreu deixou uma bagagem literária que varia entre contos e romances consagrados. Seu legado foi homenageado em diferentes espaços culturais. O espetáculo teatral O tempo é só uma questão de cor, por exemplo, reuniu trechos de contos, crônicas e fragmentos de textos do escritor gaúcho.

Outro escritor que nos deixou em fevereiro foi o também gaúcho Moacyr Scliar. Há 10 anos (2011), Scliar sofreu um acidente vascular cerebral isquêmico (AVC), vindo a falecer posteriormente em decorrência de complicações causadas pelo quadro. Autor de mais de 70 livros, o escritor era de origem judaica. Foi alfabetizado pela mãe e formou-se em medicina, tendo especialização em saúde pública.

Lista semanal com datas, fatos históricos e feriados (21 a 27 de fevereiro de 2021)

21 a 27 de fevereiro
21

Portugal reconhece oficialmente a República Popular de Angola (45 anos)

Dia Internacional da Língua Materna - data da Unesco que visa a preservação das línguas locais como patrimônio imaterial das nações

Dia Nacional do Imigrante Italiano - a escolha da data é uma homenagem à expedição de Pietro Tabacchi ao Espírito Santo, em 1874. Este evento ficou marcado como o inicio do processo de migração em massa dos italianos para o Brasil

22

Nascimento do cantor e compositor fluminense Sérgio Murilo Vieiros, o Sérgio Coelho (60 anos)

24

Nascimento do cantor e produtor paulista Sérgio Beneli Campelo, o Tony Campelo (85 anos)

Nascimento do ator português Ernestino Augusto Costa, o Costinha (130 anos)

Promulgação da Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil (130 anos) - a segunda constituição do Brasil e primeira no sistema republicano de governo, marcando a transição da Monarquia para a República. Também estipulava em seu texto a mudança da capital para o Planalto Central

Dia da Conquista do Voto Feminino no Brasil

25

Morte do jornalista, dramaturgo e escritor gaúcho Caio Fernando Abreu (25 anos)

26

Galileu Galilei é formalmente banido pela Igreja Católica por ensinar ou defender a visão de que a Terra orbita o Sol (405 anos)

27

Nascimento da cantora paulista Mônica Salmaso (50 anos)

Morte do escritor gaúcho Moacyr Scliar (10 anos)

Nascimento do compositor, instrumentista e jornalista fluminense Ari Kerner Veiga de Castro (115 anos)

Dia Nacional do Livro Didático

blank

Euclides da Cunha: ‘Os Sertões’ é marco do jornalismo

0

Leia também: Euclides da Cunha uniu ciência à arte e denunciou diversas violências

A professora Walnice Galvão, docente emérita da USP, investigou os discursos dos jornais da época no livro No Calor da Hora. Estas versões, inclusive, trouxeram uma ideia equivocada para o próprio Euclides da Cunha. “Eu percebi, com clareza, como a mídia jornal influenciou o país. Convenceram a opinião pública brasileira que Canudos era uma conspiração restauradora da monarquia, e todo mundo acreditou. Essas notícias falsas estavam nos editoriais, reportagens e até nas caricaturas”, diz, lembrando que os jornais, em tempos sem rádio ou TV, faziam o serviço principal de comunicação.

Fotos da coleção Flávio de Barros sobre a Guerra de Canudos Fotos da coleção Flávio de Barros sobre a Guerra de Canudos
Uma casa de jagunço. Coleção Flávio de Barros/Guerra de Canudos - Acervo Museu da República / Instituto Brasileiro de Museus / Ministério do Turismo

 

O professor Leopoldo Bernucci, da Universidade da Califórnia, também chama a atenção sobre o avanço das fake news (notícias falsas) à época, mas reitera que Euclides da Cunha não conseguiria avançar nas pesquisas que lhe renderam o término de Os Sertões sem apoio dos jornais impressos. “Ele tinha também uma ligação muito forte com os jornais e lhe serviu de fontes de informação importantes. Percebi que há diferenças de datas e números em documentos. Uma nova pesquisa que pode ser feita é comparar os documentos para precisar dados sobre eventos históricos”.

 

 

Para o professor de direito Arnaldo Godoy, que também é pesquisador em literatura, os escritos de Euclides, bem como a própria trajetória trágica pessoal do escritor, são capazes de provocar estudos sobre notícias falsas. “Considero muito importante tentar compreender o papel da comunicação na construção ou na desconstrução de um criminoso”, afirmou.

Mistura de jornalismo e literatura

Para o professor de jornalismo Edvaldo Pereira Lima, um dos principais pesquisadores de jornalismo literário do país, a obra Os Sertões é marco inquestionável do gênero no país. Ele contextualiza que, em outras coberturas de conflitos bélicos de guerra civil nos Estados Unidos e na África (por parte de correspondentes europeus), existiam iniciativas pioneiras de se amadurecer essa escola narrativa que excedesse a ideia de uma notícia crua. “Isso tem relação com a dificuldade de transmitir a intensidade de um campo de batalha de uma forma fria ou preso apenas à informação”. 

Fotos da coleção Flávio de Barros sobre a Guerra de Canudos Fotos da coleção Flávio de Barros sobre a Guerra de Canudos
Cadáveres nas ruínas de Canudos. Coleção Flávio de Barros/Guerra de Canudos - Acervo Museu da República / Instituto Brasileiro de Museus / Ministério do Turismo

 

No Brasil, o primeiro caso é na obra de Euclides. “Muito mais do que informar, Euclides procura trazer uma leitura completa de compreensão de realidade, trazendo as múltiplas causas e a atenção principal na figura humana. Os Sertões faz com que o leitor compreenda de forma integral aquele acontecimento, em suas diferentes dimensões”, afirma Pereira Lima.

 

 

O pesquisador explica que, no jornalismo literário,  as pessoas são tratadas em profundidade e que, na obra euclidiana, há uma leitura quase psicológica. “Jornalismo literário é literatura também. Entendo como literatura tanto a ficção como a não-ficção. Um estilo pautado pela literatura do real. O que caracteriza a literatura é a qualidade e a excelência do nível narrativo. E isso é marcante com Euclides por causa de sua sensibilidade ao trazer aspectos sutis da realidade”. 

Esses aspectos servem para denunciar, investigar e ser caminho inspirador para a transformação social e humana. “Ler a obra é uma experiência de sensibilização para 'ressignificar' a realidade. Uma grande experiência de transformação de consciência para os cidadãos brasileiros”, afirma.

blank

Folias que celebram Dia de Reis são realizadas pelo país

0
Nesta quarta-feira (6), celebra-se o Dia de Reis, data que tem como tradição a passagem de folias pelas ruas, reunindo grupos de cantadores e instrumentistas que entoam versos em homenagem aos três Reis Magos – Baltazar, Belchior e Gaspar. Segundo I...
blank

Dupla de viola Pena Branca e Xavantinho é homenageada em festival

0
Começa hoje (6) a 3ª edição do Festival de Arte Vale do Paraíba, neste ano homenageando a dupla de viola caipira Pena Branca e Xavantinho. O repertório construído em quase quarenta anos de carreira pela dupla será revisitado por 20 artistas até o pró...
blank

Há 75 anos, morria Mário de Andrade, um dos maiores escritores do país

0
Há 75 anos, o país perdia um de seus maiores escritores e críticos. Morria em São Paulo, no dia 25 de fevereiro de 1945, uma de nossas personalidades mais multifacetadas, que se definiu como “eu sou trezentos, trezentos e cinquenta”: o poeta, escrito...
Fábrio Frizzo diz que participar da missão em Luxor será um grande passo trajetória como pesquisador do passado do Egito faraônico — Foto: UFTM/Divulgação

Professor de Uberaba participará de escavação de tumba no Egito

Um professor do Triângulo Mineiro participará do projeto argentino que irá escavar, restaurar e estudar a tumba de um egípcio da nobreza. Fábio...
Alessandra Pidruca, Patrimoninho, Culturinha e José

PL aprovado oficializa personagens como ‘embaixadores da cultura’ em Canápolis

0
Um Projeto de Lei aprovado na Câmara Municipal de Canápolis na última segunda-feira (19) de agosto, animou os entusiastas da cultura no município. Os...
‘Patrimoninho’ e ‘Culturinha’ (Foto: Divulgação)

1ª Edição da Feira Gastronômica é realizada em Canápolis

0
A 1ª Edição da Feira Gastronômica e Cultural de Canápolis foi realizada na última sexta-feira (2). A feira foi a primeira das cinco ações...
(Foto: Casa de Cultura /Canápolis)

A cultura que faz Canápolis brilhar

0
Por Alessandra Pidruca Por conta da realização do “Fim de Semana Cultural”, o Departamento de Cultura / Casa de Cultura, com apoio da...
Café Poético levou arte e cultura à Capinópolis

‘Café Poético’ do Colégio Sérgio de Freitas Pacheco leva arte e cultura à Capinópolis

0
O Café Poético — projeto cultural promovido pela Escola Estadual Sérgio de Freitas Pacheco— levou arte e cultura à Capinópolis. O evento foi realizado...
Mãe do Ouro (Foto: Reprodução)

Lenda da ‘Mãe do Ouro’ é inventariada em Capinópolis

0
A lenda da Mãe do Ouro está no imaginário dos moradores da zona rural do município e é conhecida em toda a região do...
blank

Conheça o cemitério abandonado na região rural de Capinópolis

0
A equipe técnica do patrimônio cultural de Capinópolis, composta por Queli Franco, Cláudio Scarparo e o motorista Abadio, visitou na tarde de quarta-feira (17)...
Receba notícias em tempo real    OK Não quero ficar em dia