Distrito Federal antecipa campanha de vacinação antirrábica

O governo do Distrito Federal antecipou a campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos. A decisão foi tomada após a Secretaria de Saúde confirmar que "um paciente do sexo masculino de 15 a 19 anos de idade foi infectado e está com a doença, em...
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O governo do Distrito Federal antecipou a campanha de vacinação antirrábica para cães e gatos. A decisão foi tomada após a Secretaria de Saúde confirmar que “um paciente do sexo masculino de 15 a 19 anos de idade foi infectado e está com a doença, em estado grave”.

“Diante do caso de raiva em humano registrado na tarde de terça-feira (5) no Distrito Federal, a Secretaria de Saúde antecipou para esta quarta (6) o início da campanha antirrábica para cães e gatos a partir de 3 meses. Ao todo, a secretaria disponibilizou 14 pontos de vacinação em diferentes regiões”, informou o governo.

Em nota, o GDF informa que a imunização será feita de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h. “Nos próximos dias, novos pontos volantes entrarão em operação, incluindo uma parceria com as administrações regionais, onde, estima-se, a população de cães e gatos é de 345.033, dos quais 89,4% são cães e 10,6%, gatos. A expectativa é vacinar pelo menos 80% da população animal”.

O último caso de raiva humana no DF foi registrado em 1978. A doença é caracterizada por sintomas neurológicos em animais e seres humanos, com o vírus se multiplicando no local da lesão e posteriormente migrando para o sistema nervoso e para diferentes órgãos, principalmente para as glândulas salivares.

Ele pode ser transmitido por mordidas, arranhões ou lambidas, tanto de animais domésticos infectados, como de animais silvestres. Animais aéreos, como em morcegos, e rurais, como em cavalos e vacas, também podem ser fontes contaminantes.

“No caso de uma possível infecção, a pessoa deve ir a uma unidade de saúde o mais rapidamente possível para o primeiro atendimento”, alerta o GDF.

Uma medida que diminui a possibilidade de propagação da doença é a de lavar, de imediato, o local da ferida causada pelo animal, com água e sabão para – em seguida e o mais rápido possível – encaminhar o caso suspeito a uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para orientação.

O GDF informa que a vacina antirrábica está disponível durante o ano inteiro em todos os Núcleos Regionais de Vigilância Ambiental. A lista pode ser acessada na página da secretaria na internet.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida